Dois fragmentos sobre o amor

Sonhava acordado com estilhaços do que pensava ser realidade. Lá fora, a chuva era a cúmplice perfeita daquele momento. Sentiu um choque lhe percorrer o corpo e sorriu lascivamente quando ela lhe lambeu o rosto. A saliva tinha gosto de hortelã.


Porto Alegre, aeroporto Salgado Filho. Manhã bem cedo. Passou a noite no apê do Hugo na cidade-baixa, correrio. Daqui a pouco estará em São Paulo, alguém muito especial lhe espera. Ela é descendente de Finlandeses e tem um falar caipira encantador.
Ter conversado com o Paulo Adão antes de levantar voo foi uma ótima ideia.


Texto e imagem por Luciano.

16 comentários:

Sentimental ♥ disse...

lambida com sabor hortelã é bom...

Adriana Godoy disse...

Esses dois fragmentos são uma delícia! Muito bons.

O texto "Voos Noturnos" também é muito interessante, estiloso. Gostei muito.


Adorei ter voltado aqui. Beijo.

Branca disse...

Duas sensações maravilhosas... sonhar acordada...pensamentos bem lascivos e, a expectativa de um encontro amoroso.
Belos fragmentos de amor!!!

Por que você faz poema? disse...

Gostei dos fragmentos
principalmente do primeiro
e o seu gosto de hortelã.

Menina Misteriosa disse...

As ideias soltas ou não fizeram meu pensamento ir lá longe... bom isso!

Gostei muito do texto e da foto!

beijo

MeninaMisteriosa

Cleyton Cabral disse...

Pois, volte sempre, Luciano. E não esqueça: em setembro estarei por sp, quero te ver. Mande seu msn...

Denise Portes disse...

Essas palavras deixaram meu coração mexido com a sua emoção.
Beijo
Denise

Fabi disse...

ja vivi dessas sensacoes...adoro passar por aqui. Suas palavras sao inspiradoras.
Beijos querido.

[ rod ] ® disse...

O desejo encarnado numa saliva floreada ao gênero Mentha! Perfeito meu caro... seguindo-te lá no TT agora.

mais amor, por favor. disse...

Dois fragmentos lindos, encatadores.
Beijos!

Maria disse...

mesmo confundindo mais que ajudando, conversar com o Paulo Adão é sempre, sempre bom.

=)

Troll disse...

A saliva, com jeito de aprontar-se pela manhã. Toda a troca e essa caracterização em pequenos pedaços.

Excelente texto.

Céu disse...

Deu até vontade...

Amora disse...

Surpresa boa seu comentário.
Seja bem-vindo e volte sempre!

Vez ou outra o corpo é tomado por esse choques sem aviso, né? A pele reclama, os fios arrepiam e da até um remelexo no corpo da gente. Melhor é mesmo ele ser interrompido com uma lambida sabor hortelã!

=D

Luciano disse...

Coisa boa poder receber todos esses comentários escritos por vcs. O Gergelim agradece.
Salut.

MERGULHANDO NAS PALAVRAS disse...

Sensações deliciosas me invadem agora...mto bom!