Livre adaptação para uma fotografia de Jacques Klein
E penso, como é bom poder reencontrar os velhos amigos e viver novas histórias e reviver outras tantas, mesmo que, na maioria das vezes, seja em forma de sonho...

Um comentário:

Quinhos disse...

Que tal vivre novas meu caro!
Quinhos