Ocaso litorâneo

Da praia, contemplava o oceano que se fundia ao céu em tons de azul, laranja e cinza. À direita dela, a filha pescava pequenos peixes. A menina olhava admirada para algumas estrelas-do-mar, pedacinhos de algas e outras formas de vida que eram trazidas pelo movimento tranqüilo da água.
O sol adormecia no horizonte distante. Era dia 20 de março. O equinócio marcava o final do verão e com ele a certeza do retorno para casa.
Sentia-se um pouco solitária naqueles dias, mas estava feliz porque havia conhecido Lucas e junto a ele a experiência de um novo, divertido e forte amor. Mais do que nunca, estava livre, decidida, naturalmente bela e madura. Lembrou dos corpos em êxtase, respirou profundamente e sorriu.

Texto por Luciano
Imagem: Toca do Capitão

22 comentários:

Renata disse...

Saudades daqui... texto maravilhoso. Pensei em mim mesma e meus veraneios em Mariluz (RS)... ai ai...

Sentimental ♥ disse...

tem horas q a solidão bate, mas só a certeza de um amor já afasta qualquer sentimento de vazio.

Hélio Netho; disse...

quando se tem certas certezas, tudo na vida fica lindo, assim como sua paisagem.

Rose disse...

Nada como um sentimento amoroso para nos resgatar de qualquer solidão. Basta a presença ou a lembrança do ser amado e tudo se trasforma em poesia. Lindo, Luciano! Bjão

Ana Andreolli disse...

que coisa linda, sabe esse negocio de praia? mexe comigo...

estou seguindo vc ! =)

guru martins disse...

...e tu também
continuas muito bem...

aquele abraço

C. disse...

Da viagem à praia, a viagem aos sonhos, ao encontro do amor. Que lindo isso!

Fabi disse...

Obrigada pela visita ! Sempre bom passar por aqui tbém. Esse textinho me remeteu ás minhas viagens, e em como o mar me toca.
Beijos querido.

Zélia disse...

Luciano, o teu texto me levou de volta a minha infância. À uma viagem que fiz a São José da Coroa Grande - PE. O que mais ficou na minha memória daquele tempo foram os passeios na beira do mar com a minha avó. Nós catávamos mariscos, estrelas do mar e até uns peixinhos. E eu enchia o meu baldinho de sonhos...

É bom te ter no meu blog! ;)

Keila Costa disse...

Obrigada pela visita Luciano! E quão delicadas são suas palavras, o seu olhar...
Um abraço

Priscila Lopes disse...

Que delícia!

Cecilia disse...

Texto encantador.......de extrema sensibilidade.
Sou sua fã,Luciano.

Marcia Barbieri disse...

Muito, um fundo encantador de melancolia.

beijo

Menina Misteriosa disse...

Esse sentimento de uma paz que nos completa é algo indescritível. E, mesmo assim, você conseguiu colocar em palavras.
Dá pra visualizar e quase sentir.
Muito bom!

Um beijo

MeninaMisteriosa

On The Rocks disse...

meu caro,

tudo bem contigo?

leu o post de hoje do on the rocks?

você mora onde mesmo?

surpresa lá! - rs

abs

Adriana Godoy disse...

Bonito, Luciano, doce e forte. Beijo

Tiago disse...

Muito bonito.

T.

Moça bonita disse...

Nossa...
Que coisa mais linda...
Palavras escritas carregadas com tanto sentimento, só podiam vir de uma pessoa especial como você!!!!

Bjus no coração!

Anônimo disse...

Nossa revivendo lindas passagens...

Vampira Dea disse...

Tudo isso bom de sentir,adoro a palavra equinócio...

Anônimo disse...

Gostei...Amo ,amar o mar...

MERGULHANDO NAS PALAVRAS disse...

Mar...amor... morada do amor...amorada aqui nas entrelinhas...ah, o mar!ah, o amor!